Mitsubishi: proposta rejeitada por funcionários

Imagem ilustrativa da notícia: Mitsubishi: proposta rejeitada por funcionários

Funcionários da fábrica da Mitsubishi de Catalão, GO, em greve desde o dia 16, recusaram a proposta feita pela empresa em assembleia realizada na segunda-feira, 23. A fabricante ofereceu valores de participação dos lucros e reajuste salarial abaixo dos pleiteados pelos trabalhadores, informou o Sindicato de Catalão. Eles mantêm a greve até a terça-feira, 24, quando será realizada nova assembleia entre as partes.

 

A Mitsubishi ofereceu R$ 5,4 mil de PLR, enquanto que os funcionários pedem R$ 7 mil. De acordo com Thiago Cândido Ferreira, secretário geral do sindicato, 90% dos funcionários aderiram à paralisação. Em Catalão são produzidos os modelos da linha L200, Lancer, ASX, Pajero e também o Suzuki Jimny. A fábrica tem capacidade instalada para 110 mil unidades por ano. Atualmente, por dia, são fabricados por volta de 140 veículos, informou o sindicato.

 

Fonte: Divulgação