Mitsubishi retoma negociação, mas greve continua

Imagem ilustrativa da notícia: Mitsubishi retoma negociação, mas greve continua

A greve que paralisou a produção da fábrica da Mitsubishi em Catalão, GO, seguirá pelo menos até a próxima segunda-feira, 23, informou o Sindicato dos Metalúrgicos da cidade. Na sexta-feira, 20, a empresa chamou à mesa representantes da entidade para retomar as negociações. Os funcionários pedem participação maior nos lucros da companhia, reajuste salarial e vale-refeição.

 

A paralisação começou na segunda-feira, 16, e de acordo com Thiago Cândido Ferreira, secretário geral do sindicato, 90% dos funcionários aderiram à paralisação. De acordo com o representante, haverá assembleia no dia 23 para formular uma proposta à montadora. Em Catalão são produzidos os modelos da linha L200, Lancer, ASX, Pajero e também o Suzuki Jimny.

 

A fábrica tem capacidade instalada para 110 mil unidades por ano. Atualmente, por dia, são fabricados por volta de 140 veículos, informou o sindicato. De acordo com dados da Anfavea, de janeiro a setembro, foram emplacados 9 mil 157 veículos Mitsubishi, queda de 19,9% na comparação com o volume registrado no mesmo período do ano passado: 11 mil 442 veículos. Os emplacamentos dos veículos Suzuki chegaram a 3 mil 242 unidades nos nove meses do ano, 23,5% mais do que em 2016.

 

Foto: Divulgação