Grupo VW tem lucro líquido 2,2 vezes maior do que o de 2016

Imagem ilustrativa da notícia: Grupo VW tem lucro líquido 2,2 vezes maior do que o de 2016

O Grupo Volkswagen, que divulgou seu balanço global de 2017 na terça-feira, 13, revelou lucro líquido de € 11,3 bilhões, volume 2,2 vezes maior do que no ano anterior, € 5,1 bilhões. O lucro operacional chegou a € 14 bilhões, expansão de 94,5%.

 

Na mesma base de comparação a empresa viu sua receita crescer 6,2%, chegando a € 230,6 bilhões, contra € 217,2 bilhões. As vendas foram recorde, 10,7 milhões de unidades comercializadas, alta de 4% com relação a 2016.

 

Considerando as regiões nas quais o grupo atua as vendas na América do Sul cresceram 25%, impulsionadas pela melhora econômica na região, com 500 mil unidades comercializadas. Na Europa as vendas cresceram 2%, 4,7 milhões de unidades vendidas, na América do Norte a expansão foi de 2,5%, 1 milhão de veículos comercializados, e na Ásia o crescimento foi de 3,6%, com 4,5 milhões de unidades.

 

Avaliando apenas a marca Volkswagen foram entregues 6,2 milhões de veículos, crescimento de 4,2%, com o Brasil sendo um dos destaques para o resultado, com alta de 20% nas vendas, seguido por China, 6% e Estados Unidos, 5%.

 

Projeções 2018 - A empresa projeta crescimento de até 5% da receita e pretende aumentar o número de fábricas que produzem veículos elétricos, de três para dezesseis até o fim de 2022. A empresa tem como meta produzir 3 milhões de veículos elétricos por ano até 2025.

 

Com relação aos investimentos futuros o diretor Matthias Muller informou o investimento de € 20 bilhões para a produção de veículos com motor a combustão.

 

Foto: Divulgação.