Albarus: linha de produtos ampliada.

Imagem ilustrativa da notícia: Albarus: linha de produtos ampliada.

A Dana iniciou em janeiro deste ano uma nova fase para a marca Albarus no mercado nacional de reposição. Em entrevista exclusiva à AutoData, os executivos da empresa Raul Germany, principal executivo da Dana no Brasil, e Carlos Dourado, diretor de vendas de reposição para a América do Sul, falaram sobre a estratégia de reforçar a presença da marca no mercado:

 

"A marca Albarus tem uma tradição dentro do mercado brasileiro e o relançamento da marca é uma das nossas apostas para o mercado nacional neste ano", disse Germany.

 

“Fizemos agora o relançamento da marca Albarus, que terá uma linha de produto ampliada. É uma das nossas apostas para o Brasil para este ano”, disse Dourado. “Estamos ampliando nossa atuação e melhorando as opções que nossos clientes podem oferecer para os seus clientes, crescendo seus negócios. A marca Albarus tem tradição inegável que se traduz em um recall impressionante, sempre associado a qualidade e confiabilidade”.

 

Junto com a Spicer, a empresa pretende ampliar o seu portfólio de produtos e oferecer uma combinação versátil, de acordo com a necessidade do cliente. “No início dos anos 2000 a Dana, dentro de suas estratégias de atuação global, concentrou seu foco na marca Spicer. Agora, damos continuidade ao novo enfoque para o mercado de reposição que iniciamos em 2017, reforçando nossos investimentos com a marca Albarus, que traz um complemento estratégico ao portfólio", comentam os executivos.

 

Uma série de lançamentos será realizada no mercado de reposição este ano. O mercado de reposição representou entre 20% e 25% dos negócios no ano passado. "Nosso objetivo é ser uma força neste mercado com o foco de complementar nossa linha de produtos para atender às necessidades dos nossos clientes."

 

A decisão de investir no balanceamento dos negócios ocorreu em 2012. Mesmo com um mercado relativamente forte no período e que se manteve assim até 2013, a empresa decidiu diversificar sua área de atuação buscando também o mercado externo e de reposição. "Mas não abrimos mão de investir também no mercado local", reforçou Germany.

 

Vale destacar, conforme revelam os executivos, que o mercado de reposição não sofreu tanto com a crise financeira que atingiu a economia brasileira nos últimos anos e a expectativa é que neste ano o crescimento do setor seja entre 4% e 6%, algo semelhante ao que ocorreu no ano passado.

 

Mercado externo - A unidade brasileira da Dana vende atualmente para países como Estados Unidos, México, Hungria, Argentina, Equador, Colômbia, China. "Há casos de produtos que são exclusivos do Brasil que vendemos para unidades da Dana ou diretamente para os clientes quando não há competição com a Dana".

 

Em relação à marca Albarus, o foco agora é o mercado nacional, mas executivo afirma que nos próximos meses a intenção é ampliar para países mais próximo como Bolívia, Paraguai e Uruguai. E na sequência chegar ao Chile, Colômbia, Equador e Peru.

 

Histórico - A Dana é fornecedora mundial de sistemas de transmissão, vedação e gerenciamento térmico com alta tecnologia que melhoram a eficiência e o desempenho de veículos e máquinas. Atende aos mercados de veículos de passageiros, caminhões e equipamentos fora-de-estrada e industriais. Fundada em 1904 e com sede em Maumee, em Ohio, nos Estados Unidos, a empresa emprega 27 mil pessoas em 34 países e seis continentes.

 

Na América do Sul, tem operações na Argentina, Brasil, Colômbia e Equador que empregam cerca de cinco mil pessoas, sendo que cerca de três mil estão no mercado brasileito. Presente há 70 anos no Brasil, tem operações em Gravataí, RS, e nas cidades paulistas: Campinas, Diadema, Jundiaí, Limeira e Sorocaba.

 

Fotos: Divulgação.