Faturamento de autopeças avança 24%

Imagem ilustrativa da notícia: Faturamento de autopeças avança 24%

O faturamento do setor de autopeças fechou o primeiro trimestre em alta de 23,8% com relação a idêntico período do ano passado, alcançando o melhor resultado nominal desde 2010, de acordo com informações do Sindipeças. A entidade informou, em comunicado, que todos os canais registraram alta na casa dos dois dígitos: as vendas para montadoras avançaram 24,2%, as exportações cresceram 34% em real e 29,8% em dólar. Na reposição a expansão no príodo foi de 14,7% comparada à dos primeiros três meses de 2017.

 

Há uma expectativa, porém, de impacto negativo nas exportações a partir de maio, com um possível alento. Diz o comunicado do Sindipeças: “A recente crise cambial na Argentina afetará os números do setor a partir de maio, por causa do impacto que trará para as exportações. Por sua vez, se a desvalorização do real perdurar, oferecerá estímulos adicionais às exportações de autopeças brasileiras, principalmente, para América Latina, Estados Unidos e Europa”.

 

O emprego voltou a crescer de fevereiro a março, 0,25%, e expandiu 8,7% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. O NUC, nível de utilização da capacidade caiu 2 pontos porcentuais, mas se manteve acima dos 70%.

 

Segundo o Sindipeças a retomada da confiança dos agentes econômicos, a redução da taxa de juros, inflação baixa e melhora na renda real, com consequente expansão do crédito, são algumas das razões que ajudam a entender a retomada do setor no primeiro trimestre.

 

Foto: Divulgação.