BMW em compasso de espera pelo Rota 2030

Imagem ilustrativa da notícia: BMW em compasso de espera pelo Rota 2030
CompartilheConjuntura
23/05/2018

São Paulo – O Grupo BMW aguarda a definição do Rota 2030, programa automotivo que sucederá o Inovar-Auto, para definir seus próximos passos no País, segundo o presidente Helder Boavida: “Precisamos que o Rota 2030 seja aprovado para definir o que faremos nos próximos anos. Temos vários modelos que estão no radar para serem produzidos localmente, mas é necessário saber o que o programa contemplará para que isso seja definido”.

 

A fábrica de Araquari, SC, produz veículos sobre três plataformas BMW: para o Série 3, para o utilitário esportivo X1 e para o X3 e o X4, também SUVs. No caso da Mini novidades também poderão surgir caso o Rota 2030 traga mudanças para o IPI dos modelos elétricos e híbridos, o que é uma expectativa de Boavida:

 

“Um modelo híbrido da Mini seria viável no Brasil a curto prazo mas, para isso acontecer, precisamos da redução, de 25% para 7% no IPI desses modelos. Caso isso aconteça, e quando o Rota 2030 sair, poderemos trazer um dos nossos modelos eletrificados para o Brasil”.

 

Enquanto uma versão híbrida de modelo Mini não aparece no Brasil a BMW prepara o lançamento do novo i3, modelo elétrico, em junho.

 

Fotos: Divulgação.