Vendas em 2018 ficarão acima da projeção

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas em 2018 ficarão acima da projeção
CompartilheBalanço da Anfavea
06/12/2018

São Paulo – A Anfavea acredita que sua projeção para o total de licenciamentos de autoveículos em 2018 está defasada. Mas a notícia é boa: a estimativa oficial está subestimada e deverá ser ultrapassada com os resultados deste mês, o último do ano. No início de outubro a associação já tinha revisado para cima a projeção para o ano, que saltou de 2 milhões 502 mil, equivalente a crescimento de 11,7% ante 2017, para 2 milhões 546 mil, alta de 13,7%. Agora o presidente Antonio Megale já fala em resultado mais provável de 2 milhões 560 mil, o que representaria elevação de 14,3% na comparação com as 2 milhões 240 mil do ano passado.

 

A razão mais particular para este quadro é a média diária, que em outubro e novembro se estabilizou ao redor de 11,5 mil unidades, “um patamar interessante”, segundo Megale: “Dezembro costuma ser um mês bom. No ano passado fechou em 213 mil e acreditamos que agora poderemos até alcançar 250 mil”.

 

Se este volume se confirmar agora, em dezembro, o resultado final será ainda maior, algo como 2 milhões 582 mil, ou 15% de evolução.

 

Novembro, isoladamente, encerrou com 230 mil 945 unidades licenciadas, crescimento de 13% ante o mesmo mês de 2017, 204,2 mil. Na comparação com outubro, 254,7 mil, houve queda de 9,3% essencialmente por um número menor de dias úteis – o mês passado teve dois feriados nacionais e um municipal, com uma ponte de quatro dias.

 

No acumulado do ano são 2 milhões 332 mil unidades emplacadas, crescimento de exatos 15% ante a soma dos onze primeiros meses de 2017. Mesmo assim o volume está quase 500 mil unidades abaixo da média dos últimos dez anos para o período, 2,8 milhões.

 

Em 2018 nenhum mês registrou resultado negativo em vendas no comparativo com o mesmo período de 2017. O melhor resultado porcentual até agora foi o de abril, 38,5%, e o mais fraco o de maio, 3,2%.

 

O nível de estoque caiu ligeiramente em novembro, para 290,8 mil unidades ante 293,9 mil em outubro – 173,8 mil estão nos pátios das concessionárias e 117 mil nos das fábricas. O volume equivale a 38 dias de comercialização, idêntico ao de outubro.

 

Foto: Divulgação.