FCA e PSA conversam sobre possível fusão, diz jornal

Imagem ilustrativa da notícia: FCA e PSA conversam sobre possível fusão, diz jornal
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheInternacional
29/10/2019

São Paulo – Após fracassar a tentativa de fusão com a Renault a FCA, Fiat Chrysler Automobiles, mantém conversas com outra companhia francesa, o Grupo PSA, segundo informações divulgadas pelo The Wall Street Journal na terça-feira, 29, citando fontes próximas à negociação.

 

Os moldes são parecidos ao infrutífero movimento do primeiro semestre: uma união de ações que geraria, nas contas do jornal, uma multinacional de US$ 50 bilhões em valor e o quarto maior grupo automotivo do mundo, atrás do Grupo Volkswagen, Toyota e a Aliança Renault Nissan Mitsubishi.

 

No ano passado Fiat, Chrysler, Jeep, Dodge, RAM, Peugeot, Citroën, DS e Opel, as nove marcas do eventual novo grupo, comercializaram 8,7 milhões de unidades.

 

Segundo a fonte do WSJ há, inclusive, possível definição com relação à diretoria: o CEO seria Carlos Tavares, do Grupo PSA, com John Elkann, presidente do conselho da FCA e da família Agnelli, na mesma posição da eventual nova companhia.

 

No Mercosul a combinação de operações somaria seis unidades produtivas: Betim, MG, Goiana, PE, e Córdoba, Argentina, da FCA, além da fábrica de motores em Campo Largo, PR, e Porto Real, RJ, e El Palomar, Argentina, do Grupo PSA.

 

ATUALIZAÇÃO: Por meio de comunicados divulgados na manhã de quarta-feira, 30, tanto a FCA quanto o Grupo PSA confirmaram as negociações em andamento, sem fornecer outros pormenores.

 

Foto: AutoData.