Dardi projeta alta de 20% no Brasil em 2020

Imagem ilustrativa da notícia: Dardi projeta alta de 20% no Brasil em 2020
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheFornecedor
29/01/2020

São Paulo – O setor automotivo será um dos responsáveis pelo crescimento estimado de 20% da Dardi, fabricante chinesa de equipamentos com tecnologia de corte com jato de água e laser, em 2020. Segundo Marcos Ribeiro, seu diretor geral, fornecedores estão investindo em máquinas produzidas pela empresa.

 

“Outro setor que vem forte é o do agronegócio, que tem previsão de crescer esse ano e também tem demanda pelos nossos equipamentos”.

 

O executivo revelou que negociações já estão sendo realizadas com alguns fornecedores do setor automotivo, mas a empresa também se interessa por um novo segmento que poderá explorar no País, que é o de mineração: “Algumas empresas estão nos procurando para usar a tecnologia de corte para cortar pneus usados nas operações, para fazer análises de rendimento e durabilidade”.

 

A empresa importa as máquinas da China e as revende para clientes da América Latina a partir da sua sede em São Paulo, oferecendo todo o suporte para sua instalação e para o pós-vendas. Segundo Ribeiro, no setor automotivo as máquinas são usadas pelos fornecedores que produzem autopeças e utilizam as tecnologias de corte na produção. Dobradeiras também são fornecidas pela Dardi.

 

No setor agrícola a tecnologia da Dardi é usada para a produção de componentes. Ribeiro disse que a empresa também atende a outros segmentos, como outros setores industriais, aeronáutica, construção civil e vidros, sendo que esse último em alguns casos também fornece para o setor automotivo.

 

No ano passado a Dardi comercializou cerca de trinta máquinas no Brasil, registrando alta de 37% na comparação com 2018. O setor automotivo correspondeu a um terço das vendas da empresa no País: “Das trinta máquinas comercializadas no ano passado, dez foram para fornecedores do setor automotivo”.

 

Foto: Divulgação.