Formtap amplia capacidade e moderniza fábricas

Imagem ilustrativa da notícia: Formtap amplia capacidade e moderniza fábricas
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheFornecedor
11/03/2020

São Paulo – A Formtap trabalha na expansão de 50% de sua capacidade de produção de Diadema, SP, até junho e mais 50% até o fim do ano. A unidade que produz tapetes e peças de revestimento para teto recebeu quatro novas células equipadas com robôs de corte com jato d’água. No total foram seis os equipamentos adquiridos pela fornecedora, com catorze robôs – dois serão instalados em Sorocaba, SP, na unidade que atende demandas da Toyota.

 

Segundo o CEO Francisco Carlos Munhoz, o investimento faz parte do plano contínuo para o País, intensificado no fim de 2018. Outras fábricas também serão modernizadas, mas Diadema ficou com a maior parte das mudanças: "É a fábrica que tem a maior participação no nosso faturamento. Até dezembro, dobraremos a capacidade produtiva das linhas que produzem o revestimento do teto dos veículos, com tecnologia única, capaz de produzir o material em uma única peça".

 

Outras quatro operações são mantidas pela Formtap no Brasil: duas em Porto Feliz, SP, uma em Betim, MG, e um centro de distribuição de peças em São José dos Pinhais, PR, dentro do complexo da Volkswagen. Essas quatro unidades, junto com as duas já citadas, também passaram por modernizações nos processos produtivos, com a chegada de novos conceitos da Indústria 4.0, como maior automação das linhas de produção.

 

Esse processo de investimento contínuo mais intenso serviu de preparação para a Formtap, de acordo com Munhoz, que viu o momento de crise como a hora de melhorar sua competitividade, evitar desperdícios e preparar-se para o futuro com uma competição ainda maior.

 

Imagem ilustrativa da notícia: Formtap amplia capacidade e moderniza fábricas

 

Com as unidades ajustadas e modernizadas a Formtap acredita que será possível aumentar sua faturamento em até 5% em 2020 na comparação com 2019, quando registrou crescimento de 6% com relação ao ano anterior. Para atingir essa expansão o CEO destacou alguns fatores, afora o crescimento orgânico do mercado ao longo do ano:

 

"O nosso fornecimento para a Toyota terá um impacto bem positivo ao longo do ano porque será o primeiro ano cheio de vendas do novo Corolla, que teve uma aceitação muito boa do mercado. O maior valor agregado de componentes que fornecemos para outros modelos, como o Yaris, também será importante".

 

A Formtap também conquistou novas concorrências para atender a modelos produzidos pela FCA, em Betim, MG, e pela Ford em Camaçari, BA, que ajudarão na expansão ao longo do ano. No caso da FCA a Formtap também participará de projetos futuros, que trarão impactos positivos aos negócios, mas o executivo não revelou os pormenores.

 

Mesmo com projeção positiva para 2020 Munhoz ressaltou a necessidade de olhar com atenção para a epidemia global Covid-19, conhecido como coronavírus, que na sua opinião ainda não trouxe impactos para o País mas que, se for analisado como tendência mundial, poderá repercutir negativamente no mercado automotivo nacional e em outras áreas a partir do segundo trimestre:

 

"Os impactos na produção ainda não surgiram por causa dos grandes estoques. A queda nas vendas durante o primeiro bimestre não tem relação com a doença. Porém esses impactos podem começar a surgir nos próximos meses, é uma situação, até o momento, indefinida, mas que precisa ser analisada diariamente com cautela porque também reflete em outras áreas do mercado, como o câmbio".

 

Foto: Divulgação.