Tesla cria subsidiária de pesquisa na China

Imagem ilustrativa da notícia: Tesla cria subsidiária de pesquisa na China

A Tesla abriu uma subsidiária em Pequim, China, para realizar atividades de pesquisa e desenvolvimento para veículos para aquele mercado. O investimento foi de US$ 2 milhões, cerca de R$ 6,5 milhões, e a empresa foi constituída em 18 de outubro, de acordo com a Administração Estatal de Indústria e Comércio. 


A Tesla, conforme informações do Automotive News China,  usará o centro para desenvolver veículos elétricos, baterias, células solares e tecnologia da informação. 


A China é o segundo maior mercado da Tesla por receita, depois dos Estados Unidos. No ano passado a empresa registrou ali vendas de US$ 1,1 bilhão, ou R$ 3,6 bilhões, que totalizaram 15% da sua receita global. 

 

A Tesla está em negociações avançadas com a Prefeitura de Xangai para montar veículos na cidade. 

 

O CEO da empresa, Elon Musk, disse recentemente a analistas de investimentos que a Tesla está há cerca de três anos de distância do início de produção local na China.

 

Foto: Divulgação.