Marco: Porto Real já produziu 2 milhões de motores PSA.

Imagem ilustrativa da notícia: Marco: Porto Real já produziu 2 milhões de motores PSA.
CompartilheIndústria
27/03/2018

A fábrica de motores da PSA, em Porto Real, RJ, atingiu a marca de 2 milhões de motores produzidos com uma unidade do EC5 1.6l. Esse motor equipa modelos como os Citroën C3 e Aircross e os Peugeot 208 e 2008 produzidos aqui e é exportado para equipar outros modelos na Argentina.

 

Durante evento que comemorou o marco, em Porto Real, o vice-presidente Fabrício Biondo destacou o trabalho feito pela equipe da fábrica, "o que  coloca a unidade junto às melhores da empresa no mundo, pela qualidade e pelo custo". No ano passado entregou 92,6 mil unidades, sendo o melhor volume desde 2014, período em que o Brasil sofreu com a crise econômica e política. Para este ano a projeção da empresa é produzir ali 97,5 mil motores.

 

Em 2017 e 2018 a PSA investirá R$ 56 milhões para expandir sua capacidade de produção de blocos e cabeçotes, capacitando-se para aumentar suas exportações para Argentina e Europa e em uma nova linha de produção de virabrequins, que começará a produzir em julho, também sendo responsável pelo aumento nas exportações desse componente para o Marrocos, onde a empresa possui unidade produtiva.

 

Mercado - Biondo também declarou que a companhia "não entrará em guerra de preço com as concorrentes, pois market share não paga nossas contas. Esse posicionamento é para proteger a empresa e os clientes”. O Grupo PSA fechou 2017 com 2.3% de participação no mercado brasileiro.

 

E disse, também, que a primeira meta da empresa é parar de perder dinheiro no Brasil: “Precisamos voltar a ter uma operação rentável aqui. Estamos muito próximos disso, mas ainda não temos a rentabilidade. Quando isso acontecer pensaremos em como aumentar nosso volume de vendas, até porque com os números positivo toda a rede trabalha melhor”.

 

Para retomar a rentabilidade de seus negócios no País a PSA desenvolveu uma série de trabalhos internos e investimentos na fábrica, mas também prepara novidades para os consumidores: “Focaremos no avanço de tecnologias digitais embarcadas e em serviços de mobilidade, além de lançarmos novos produtos no segmento de carros de passeio e comerciais leves”.

 

Atualmente a fábrica de motores trabalha em um turno, com duzentos funcionários e 425 unidades/dia produzidas.

 

Foto: Divulgação.