Centro de Design de Betim é responsável por Jeep e RAM

Imagem ilustrativa da notícia: Centro de Design de Betim é responsável por Jeep e RAM
CompartilheInvestimento
13/08/2019

Betim, MG – Reunidos em um prédio de 2,7 mil metros quadrados, divididos em dois pavimentos, 150 profissionais da FCA, Fiat Chrysler Automobiles, têm novas atribuições: além do design dos modelos Fiat, com os quais acumulam dezessete anos de experiência, agora têm sob sua responsabilidade, também, os Jeep e RAM. Um investimento de R$ 11,4 bilhões transformou o Centro de Estilo Fiat Brasil, em operação desde 2002, no FCA Design Center Latam, inaugurado na segunda-feira, 12.

 

Após o Uno, primeiro Fiat totalmente desenvolvido pela equipe brasileira de design, foram outros catorze modelos e oito carros-conceito da marca, para o Brasil e demais países da América Latina. A experiência credenciou a equipe local a alçar voos maiores:

 

“O novo Design Center é a prova da evolução e do reconhecimento da nossa história”, disse o seu diretor, Peter Fassbender. "Estamos preparados para os novos desafios”.

 

Imagem ilustrativa da notícia: Centro de Design de Betim é responsável por Jeep e RAM

 

Os profissionais de Betim – de diversas formações, de engenheiros e designers a comunicólogos e psicólogos – mantêm intercâmbio constante com os outros centros de desenvolvimento da companhia, em Detroit, Estados Unidos, Turim, Itália, e Xangai, China. Todos os produtos são desenvolvidos de forma colaborativa.

 

Equipamentos inovadores foram instalados no espaço, que, em seu andar superior, tem decoração mais arrojada, com menos cara de escritório de empresa do século 20. Há, inclusive, plantas no ambiente, que recebe também luz natural.

 

Uma das preocupações da FCA foi criar um laboratório de UX, User Experience, pioneiro no setor automotivo nacional. Simuladores são usados para testar a usabilidade dos equipamentos de conectividade – e a reação dos consumidores pode ser acompanhada em tempo real pelos profissionais do Design Center. Há também óculos de realidade virtual para avaliar a parte interna e externa do veículo, que ajudará a economizar tempo e dinheiro na fase inicial dos projetos.

 

Outra atração é a Sala Virtual, equipada com um projetor laser de mais de R$ 1 milhão capaz de mostrar, com resolução elevada, o veículo em tamanho real, incluindo minúcias de textura. Esta sala tem importância especial para a equipe, pois será nela que os projetos serão avaliados pela diretoria local e global: um local para tomada de importantes decisões.

 

Fotos: Divulgação.