Fusão da PSA com FCA pode ser anunciada na quinta-feira, 31

Imagem ilustrativa da notícia: Fusão da PSA com FCA pode ser anunciada na quinta-feira, 31
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheInternacional
30/10/2019

São Paulo – As conversas sobre uma possível fusão dos grupos automotivos FCA e PSA avançaram durante a quarta-feira, 30, segundo informaram agências de notícias internacionais. As duas empresas confirmaram, oficialmente, que mantêm conversas a respeito da união de forças.

 

Segundo o The Wall Street Journal o conselho da companhia dona da Peugeot, Citroën, DS e Opel, inclusive, já aprovou a junção – o da FCA se reuniria durante a noite europeia para discutir os termos. De todo modo é possível que um anúncio oficial ocorra já na quinta-feira, 31, quando está marcada a divulgação dos resultados financeiros do terceiro trimestre da FCA.

 

John Elkann, presidente do conselho da FCA, presidiria o conselho da nova companhia, cujo valor de mercado chegaria a algo em torno de US$ 47 bilhões, segundo analistas. Carlos Tavares, CEO da PSA, manteria este cargo na nova empresa – curiosamente, Tavares trabalhou com Carlos Ghosn, que foi CEO da Renault, companhia com a qual a FCA tentou, sem sucesso, uma fusão na metade do ano.

 

Como parte do acordo a PSA faria um spin off da sistemista Faurecia, da qual detém 46% da ações. No ano passado a FCA fez movimento parecido com o seu braço de autopeças, a Magneti Marelli, adquirida pelo grupo japonês Calsonic Kansei e, agora, chamada apenas de Marelli.

 

As ações da FCA avançaram 9,5% e as da PSA 4,5% nas bolsas europeias na quarta-feira, 30.

 

Foto: AutoData.