Média diária de vendas em janeiro ficou abaixo de 9 mil unidades

Imagem ilustrativa da notícia: Média diária de vendas em janeiro ficou abaixo de 9 mil unidades
Foto Jornalista Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheBalanço da Anfavea
06/02/2020

São Paulo – A média diária de vendas em janeiro foi de 8 mil 795 veículos, volume bem abaixo do registrado no mesmo mês do ano passado, quando foram comercializados 9 mil 514 veículos por dia. As vendas no mês somaram 193,5 mil unidades, sendo o pior janeiro desde 2018 e com queda de 3,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado e de 26,3% ante dezembro, de acordo com os dados divulgados pela Anfavea na quinta-feira, 6. O presidente Luiz Carlos Moraes considerou o volume abaixo do esperado:

 

“As novas placas do Mercosul entraram em vigor no fim do mês passado, mas o sistema apresentou problemas e, por isso, não foi possível emplacar um bom volume de veículos que já estavam vendidos e que ajudariam no volume de janeiro, sendo que o Estado mais afetado foi São Paulo, que corresponde pelo maior volume de vendas. Se estivesse tudo funcionando normalmente as vendas ficariam acima das 200 mil unidades”.

 

O executivo disse que no começo de fevereiro o sistema já está operando normalmente e a média de emplacamentos no mês está variando de 12 mil a 13 mil unidades por dia, reflexo do atraso no mês passado.

 

O nível dos estoques está adequado para atender ao mercado, de acordo com a Anfavea, com 184,5 mil veículos nos pátios das concessionárias e 89 mil nas fábricas, suficientes para 43 dias de vendas.

 

Fotos: Divulgação.