PSA estende paralisação e adia planos do Peugeot 208

Imagem ilustrativa da notícia: PSA estende paralisação e adia planos do Peugeot 208
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheCovid-19
17/04/2020

São Paulo – A PSA decidiu estender a parada da produção em Porto Real, RJ, até 31 de maio. As linhas deixaram de operar em 23 de março e deveriam retornar em 22 de abril, mas a companhia entrou em acordo com os sindicatos dos trabalhadores regionais para reduzir jornada e salários por um período de até 90 dias – embora tenha programado a volta da operação para junho.

 

O acordo foi necessário, segundo a PSA – que não forneceu pormenores dos valores acertados –, “dada a complexa situação do momento, causada por um evento extraordinário e imprevisível, para a manutenção dos empregos e principais benefícios dos colaboradores do Brasil”.

 

A covid-19 mexeu também com a programação do lançamento da nova geração do hatch Peugeot 208, seu principal lançamento na região em 2020. A expectativa era a de apresentar o modelo, produzido em El Palomar, Argentina, neste primeiro semestre, mas a Agência AutoData apurou que os planos foram congelados. É o primeiro lançamento de produto montado sobre a ainda inédita plataforma CMP na região.

 

À reportagem, a PSA confirmou que “está reavaliando a situação e divulgará a nova data em momento oportuno”.

 

O que parece ser decidido é o fim da geração atual do 208. Segundo apurou o site Autos Segredos fornecedores entregaram os últimos lotes de peças para a produção do hatch, em Porto Real, no fim da primeira quinzena de março. Questionada, a PSA não revelou a situação atual do modelo.

 

Como há estoque nas revendas e pátio da fábrica, o modelo ainda é oferecido no site da companhia e nas concessionárias.

 

Foto: Divulgação.