Tupy está pronta para novas aquisições, diz novo presidente

Imagem ilustrativa da notícia: Tupy está pronta para novas aquisições, diz novo presidente
CompartilheEstratégia
14/03/2018

Fernando Cestari de Rizzo assumirá no dia 2 de abril a presidência da Tupy com a missão de dar continuidade aos projetos de aceleração do crescimento e internacionalização da companhia:

 

“Estamos preparados para crescer e realizar investimentos orgânicos, como na linhas de usinagem, e também estamos prontos para expandir por meio de aquisições. Estamos de olho em oportunidades em usinagem e fundição tanto no Brasil quanto no exterior”.

 

Criada em 1938 em Joinville, SC, a Tupy tem atualmente 13 mil funcionários, sendo que oito mil só no Brasil. No ano passado, o faturamento líquido foi de R$ 3,7 bilhões, alta de 13,8% em relação a 2016.

 

Para Rizzo, o crescimento na demanda por máquinas de infraestrutura e agrícolas no mundo vão contribuir para os negócios da companhia:

 

“Estamos vivendo um ciclo favorável para a indústria e a expectativa é de crescimento nos principais segmentos em que atuamos”. De acordo com o executivo, nos primeiros dois meses do ano houve aumento de 5% nas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado.

 

INVESTIMENTOS - A empresa aplicará 3,5% do faturamento deste ano para manuntenção das plantas, em projetos de ganho de eficiência e expansão da área de usinagem. Rizzo disse, no entanto, que caso encontrem oportunidades de novos negócios outros valores podem ser destinados para isso.  

 

As empresas do setor automotivo são os principais clientes da companhia, com cerca de 90% da receita vinda desse segmento. Vale destacar também que em 2017 dois terços da produção do Brasil foram exportados.

 

No Brasil, a empresa tem operações em Joinville, SC, e Mauá, SP, e duas unidades no México, que foram adquiridas em 2012 e são  especializadas na fabricação de blocos e cabeçotes de motores.

 

Em 2013, o volume de vendas físicas totais, consolidado Brasil e México, era de 634 mil 806 toneladas e chegou a 490 mil 504 toneladas em 2016. No ano passado, o volume consolidado de toneladas vendidas foi de 554 mil 479 toneladas.

 

Rizzo é o atual vice-presidente responsável pela unidade de negócios automotivos da empresa e vai suceder Luiz Tarquínio Sardinha Ferro, que ocupou o cargo de presidente por 15 anos.

 

Formado em engenharia mecânica pela FAAP, com MBA na Indiana University e especializações na FVG e Stanford School of Business, o novo presidente começou na empresa há mais de 20 e trabalhou nas áreas de engenharia e planejamento estratégico. Em 2004, tornou-se vice-presidente da área de vendas e marketing. Em 2012, passou a vice-presidente da unidade de negócios automotivos, responsável por mais de 90% do faturamento da companhia.

 

MUDANÇAS - A mudança marca o fortalecimento de um ciclo que começou em 2003, quando Tarquínio assumiu a gestão da Tupy com o objetivo de resolver problemas financeiros graves que a companhia enfrentava.

 

Depois da reestruturação inicial, a Tupy retomou suas aspirações estratégicas e adquiriu duas empresas no México. Este passo conferiu à empresa o papel de destaque no segmento de blocos e cabeçotes de ferro para motores. 

 

Foto: Divulgação.