Valtra projeta Expointer com vendas recordes

Imagem ilustrativa da notícia: Valtra projeta Expointer com vendas recordes
CompartilheMáquinas agrícolas
28/08/2019

Esteio, RS – O movimento dos primeiros dias na Expointer, feira dedicada ao setor do agronegócio que é realizada até o domingo, 1º, em Esteio, RS, deixou muito otimista o diretor de vendas da Valtra, José Carramate. Ele acredita, até, em recordes de vendas: “Pelo movimento que vimos nos três primeiros dias da feira podemos acreditar que essa talvez seja a nossa melhor participação”.

 

Segundo Carramate é comum que os agricultores compareçam ao evento nos primeiros dias para conversar com as empresas expositoras e para conhecer as condições ofertadas. O fechamento dos negócios, porém, fica para os últimos dias – de quarta, 28, a sexta-feira, 30: "As negociações estão bem melhores do que nos últimos anos, o clima está mais positivo e os agricultores estão buscando novas máquinas, com mais tecnologia para suas operações”.

 

Segundo Rodrigo Junqueira, vice-presidente de vendas da AGCO para América do Sul, a plantadeira Momentum tem procura acima do esperado, fato que surpreendeu a empresa: “Também esperamos uma grande demanda pelos nossos tratores, porque o segundo semestre costuma ser bem aquecido nesse segmento”.

 

Esperando uma grande procura por tratores, a Valtra apresentou dois modelos novos na Expointer, o BH214 HiTech e o BH224 HiTech, ambos em quarta geração. O primeiro tem motor de 210 cv e o segundo de 220 cv, com câmbio automatizado – novidade para os tratores nessa faixa de potência, atendendo a demanda dos clientes. A Valta também mostrou a série A3F, sua nova geração de tratores estreitos, que é dedicado ao cultivo de frutas, agora com opção de versão com cabine equipada com ar-condicionado e entrada USB.

 

Desempenho – Para este ano a expectativa da companhia é crescer de 4% a 5% de acordo com Carramate, acompanhando a expansão prevista para o setor. Já para 2020, quando a companhia completará 60 anos de Brasil, a intenção é manter esse ritmo de alta:

 

“Em 2019 o nosso crescimento e o do setor virá da renovação de frota de alguns agricultores e, em alguns casos, da ampliação do maquinário usado em algumas operações”.

 

Foto: Divulgação.