Scania começa a produzir caminhão a gás no primeiro trimestre de 2020

Imagem ilustrativa da notícia: Scania começa a produzir caminhão a gás no primeiro trimestre de 2020

São Paulo – Ficou para o primeiro trimestre do ano que vem o início da produção de caminhões movidos a GNV, Gás Natural Veicular, na fábrica da Scania em São Bernardo do Campo, SP. A produção, que estava programada para começar em dezembro, foi postergada para que a linha pudesse passar por todos os ajustes necessários, segundo o presidente Christopher Podgorski.

 

O modelo já foi homologado para o mercado brasilerio e começará a ser vendido a partir de abril – um mês após o planejamento inicial, divulgado em setembro. A pré-venda, no entanto, começou em 13 de outubro, no dia de imprensa da Fenatran 2019. A primeira negociação foi fechada na terça-feira, 15. A Scania já estava recebendo pedidos de clientes durante o período de testes dos veículos, que ainda seguem – a Ambev testará duas unidades de caminhões movidos a GNL, o gás natural liquefeito.

 

A companhia pretende homologar aqui, ainda, modelo de ônibus movido a gás. O processo, segundo o executivo, deverá ser finalizado no segundo semestre do ano que vem. Demora mais do que o processo de homologação de caminhões porque, segundo ele, envolve mais empresas, no caso, um encarroçador e uma fornecedora de gás.

 

A Scania vendeu 9 mil 720 unidades de caminhões até setembro, segundo dados da Anfavea, o que representa crescimento de 62% na comparação com o volume vendido em igual período do ano passado. Em setembro vendeu 647 unidades, 17% a mais.

 

Foto: Divulgação.