Exportações de autopeças caem 24% em janeiro

Imagem ilustrativa da notícia: Exportações de autopeças caem 24% em janeiro
Foto Jornalista  Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheAutopeças
28/02/2020

São Paulo – As exportações de autopeças caíram 23,6% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado, somando US$ 390,6 milhões, de acordo com os dados divulgados pelo Sindipeças, entidade que representa as fabricantes nacionais. O resultado fez do mês o pior desde 2016. 

 

A Argentina voltou a ser o principal destino dos componentes nacionais, com alta de 6,5% nos embarques com relação a janeiro de 2019: o crescimento foi puxado pela maior produção local, segundo o Sindipeças. Os Estados Unidos aparecem como segundo principal mercado e o México é o terceiro.

 

Já as compras externas recuaram 6,2% na mesma base comparativa, chegando a US$ 943,4 milhões. A queda foi justificada por possíveis efeitos relacionados ao novo coronavírus, que podem ter adiado as remessas de componentes.

 

A China é o principal fornecedor de autopeças do País e, no primeiro mês, representou mais de 15% do valor total gasto pelo setor com importações, seguida por Alemanha e Coreia do Sul.

 

Com o recuo maior das exportações na comparação com as importações o déficit comercial chegou a R$ 552,8 milhões em janeiro, valor 11,8% maior do que o registrado em igual período de 2019.

 

Foto: Divulgação.