Paradas reduzirão em 30% a produção de leves, estima Carcon

Imagem ilustrativa da notícia: Paradas reduzirão em 30% a produção de leves, estima Carcon
Foto Jornalista  Bruno de Oliveira

Por Bruno de Oliveira

CompartilheEmpresa
28/04/2020

São Paulo – As paradas de produção promovidas pelas fabricantes locais de automóveis e comerciais leves deverão reduzir em 30% o volume de veículos produzidos estimado para 2020 pela Carcon Automotive. Em vez de 3 milhões de unidades produzidas no País este ano, sairão das linhas de montagem 2,1 milhões de veículos leves, segundo a estimativa da consultoria com base na relação de tempo-parada-capacidade instalada pré-crise. 

 

No ano passado a produção de leves somou 2,9 milhões de unidades.

 

Jomar Napoleão, consultor na área de veículos leves da empresa, disse que o ritmo da produção na retomada – que deverá se intensificar em maio com a adesão da maioria das montadoras – será lento para atender a uma baixa demanda nas vendas e para repor os estoques que foram utilizados em negócios fechados durante a quarentena.

 

"As fábricas voltarão a operar bem abaixo da capacidade e não haverá como, por exemplo, repor as perdas. O que deixou de ser produzido já se perdeu", ele disse na terça-feira, 28. "É uma projeção considerada pragmática construída sobre a premissa de que haverá consumo no segundo semestre."

 

A projeção da empresa também considera o quadro observado nos mercados nos quais a indústria voltou a operar, como é o caso do chinês. Nesta semana algumas fábricas voltaram a produzir veículos na Europa após período de paralisação estabelecida por causa do avanço global da epidemia de coronavírus.

 

Na China, disse o consultor, verificou-se que o ritmo das linhas acompanhou demanda próxima àquela registrada antes do surgimento da covid-19. No Brasil ainda não é possível, segundo Napoleão, apostar em cenário semelhante ao chinês até porque "as exportações, aqui, estavam em queda antes e agora também".

 

Até a segunda-feira, 27, números do Renavam obtidos pela Agência AutoData mostraram que foram vendidos 40 mil veículos no País em dezoito dias úteis, o que resulta em mediana diária de vendas de 2,2 mil veículos. 

 

Foto: Divulgação.