Ford lançará 50 modelos na China até 2025

Imagem ilustrativa da notícia: Ford lançará 50 modelos na China até 2025

Baseada em uma década de investimentos na China, a Ford divulgou na terça-feira, 5, seu plano estratégico de expansão para o mercado chinês até 2025, focado em SUVs, veículos elétricos e conectados, estrutura de negócios simplificada e conexões mais próximas com os clientes.

 

A empresa pretende lançar 50 modelos da Ford e da Lincoln até 2025 e aumentar sua receita em 50% na região com base na de 2017. Bill Ford, presidente executivo da empresa, falou sobre a importância da região: “A China não é apenas o maior mercado de automóveis do mundo, também está no coração do crescimento de veículos elétricos e SUV e do movimento de mobilidade”.

 

Já o CEO, Jim Hackett, falou sobre as pretensões da Ford nos próximos anos: “A Ford quer ser a empresa de mobilidade mais confiável no mundo, construindo veículos inteligentes para um mundo inteligente. Estamos muito ansiosos para ver essa visão ganhando vida na China”.

 

Dos 50 lançamentos previstos até 2025, oito serão SUVs completamente novos, que chegarão junto com uma oferta maior de modelos elétricos, sendo pelo menos 15 modelos da Ford e Lincoln. A nova joint-venture para o mercado local, Zotye-Ford, será responsável por fornecer opções mais acessíveis de modelos elétricos. Em 2019 a Ford produzirá cinco novos modelos, incluindo um novo SUV premium da Lincoln e o primeiro SUV totalmente elétrico.

 

Jason Luo, presidente e CEO da Ford China, avaliou o cronograma de lançamentos: “De Lincols de luxo a SUVs da Ford e uma marca de veículos elétricos nova, atenderemos o crescente desejo e necessidade da China por veículos novos e de grande energia. Cada um deles será seguro, eficiente, divertido de dirigir e capazes de facilitar o carregamento, compartilhamento e manutenção”.

 

Para atingir suas metas a Ford irá conter o custo estrutural na região em 2018, para ser mais eficiente em suas operações e oferecer valor adicional aos acionistas.

 

Atendimento na China - O planejamento da Ford também se preocupa em melhorar a experiência dos proprietários de veículos da empresa e, para isso, lançará a Quick Lane, loja que oferecerá serviços de manutenção rotineira, como troca de óleo e filtros, incluindo reparação de freios e troca de pneus para todos os modelos vendidos na China.

 

As duas primeiras lojas serão abertas até o fim de dezembro, em Nanjing e Chongqing. A expectativa da Ford é abrir 100 novas lojas em 2018.

 

Foto: Divulgação.