Pesquisa: setor melhora sua reputação.

Imagem ilustrativa da notícia: Pesquisa: setor melhora sua reputação.
CompartilheEstratégia
21/06/2018

São Paulo - Estudo de reputação de marca, realizado pela Merco, apontou escalada das empresas do setor automotivo no ranking daquelas que atuam no Brasil e que possuem melhor reputação. Em nenhum outro dos onze países onde a pesquisa é realizada a indústria automobilística conseguiu desempenho como registrado pelo estudo, que entrevistou 1,7 mil executivos e outras fontes do mercado.

 

Entre as cem empresas listadas como as que melhoraram sua reputação no ano passado, a fabricante de veículos melhor colocada foi a Volkswagen.

 

Os entrevistados utilizaram como critérios o tripé inovação, presença geográfica da companhia e valor da marca. O estudo não aponta diretamente as ações que levaram a empresa a ser a líder.

 

No entanto a companhia, justamente em 2017, deu início a uma série de iniciativas no campo do marketing e do desenvolvimento de novos produtos que acabaram refletindo no seu desempenho de vendas -- sobretudo o lançamento do hatch compacto Polo e o anúncio da ofensiva de lançamentos programados até 2025.

 

Segundo Lylian Brandão, diretora geral da Merco no Brasil, a melhora na posição das empresas do setor automotivo no ranking, que avalia o mercado brasileiro há quatro anos, com relação ao resultado de 2016 tem relação direta com o momento de retomada vivido pelo setor: “O fato de as empresas terem adotados estratégias para se recuperar no mercado refletiu diretamente no desempenho delas no estudo”.

 

A evolução do setor na lista geral se deu da seguinte forma: a VW passou de 47º lugar para o 18º, a Toyota melhorou três posições, passando de 22º para 19º, a Honda de 35º para 22º. A Volvo saltou da centésima posição para a 29ª. No ranking que engloba apenas as fabricantes de veículos  comparecem, pela ordem, VW, Toyota, Honda, Volvo, FCA, Mercedes-Benz, General Motors, Ford, Renault e Grupo CAOA como as dez melhor colocadas.

 

Em termos de debilidades apontadas pelos entrevistados sobre as fabricantes o setor “ainda tem um caminho a percorrer principalmente em transparência da informação econômica” e no item “responsabilidade social e meio ambiente”.

 

Foto: Divulgação.