Anfavea vê 2020 com otimismo moderado

Imagem ilustrativa da notícia: Anfavea vê 2020 com otimismo moderado
Jornalista sem foto

Por Erica Munhoz

CompartilheCongresso AutoData
21/10/2019

São Paulo -- Os números oficiais de projeção de produção, vendas e exportações da Anfavea só serão fechados em dezembro, para apresentação no início 2020, informou o presidente Luiz Carlos Moraes no primeiro dia do Congresso AutoData Perspectivas 2020, na segunda-feira, 21, no Hotel Transamérica, na Capital paulista. Entretanto, o executivo considera que ficarão próximos aos coletadas por AutoData em sua última edição, que traz as Perspectivas 2020: vendas chegando a 3,1 milhões de unidades, o que representaria um aumento de 10%, na melhor das hipóteses. A verdade é que o setor enxerga um cenário ainda instável, cujo percentual de crescimento pode variar de 5% a 10%.

 

Mesmo as exportações, cujo índice aponta queda de 33% neste ano, no próximo pode ser que entrem em equilíbrio, talvez com uma evolução de 5%, podendo chegar a 441 mil veículos -- caso os índices gerais econômicos também se cumpram, com o principal deles, o PIB, chegando a 2%. “A perspectiva para 2020 é de crescimento, considerando inflação sob controle e Selic nos patamares entre 5% e 6%, que representam 1% de juro real, dentre outros índices importantes, como safra e investimentos em infraestrutura. É um cenário que retrata grande possibilidade de os projetos serem desengavetados. Ha alguns poréns, como a taxa de CDC a 20%, muito alta e inviável para nosso setor e que precisa ser urgentemente revista”.

 

Por outro lado, conforme ponderou o presidente da Anfavea, mesmo com a ideia de um 2020 melhor, ainda é pouco para o que o Brasil precisa. Voltar aos bons patamares de 2008 para a indústria automotiva é meta e os trabalhos e investimentos não param. Mas, segundo Moraes, é preciso que o governo também cumpra com sua parte. Para ele, somente os dados econômicos não são suficientes se não acontecerem as reformas necessárias, especialmente a tributária. Para tanto, a entidade trabalha ininterruptamente com grupos de especialistas, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, fazendo simulações de modo a apresentar alternativas para todas as reformas.

 

Sucesso da Fenatran -- Luiz Carlos Moraes abriu sua apresentação no Congresso AutoData celebrando o sucesso da Fenatran, a maior feira de transportes da América Latina. Pelo balanço da Anfavea estiveram presentes ao evento 450 marcas dentre montadoras, sistemistas e toda a sorte de empresas que contemplam essa cadeia produtiva, o que representou participação 30% superior sobre a edição anterior do evento.

 

O executivo pontuou o esforço das montadoras em criar um ambiente de negócios bastante propício, indicando bom sinal do que poderá acontecer em 2020. “Podemos considerar que houve otimismo, ainda que moderado. Mas a mensagem sem dúvida foi positiva, com indicação de retomada dos investimentos por parte das empresas”.

 

Foto: Christian Castanho.