Confiança na economia alavanca vendas de veículos

Imagem ilustrativa da notícia: Confiança na economia alavanca vendas de veículos
CompartilheCongresso AutoData
21/10/2019

São Paulo – Após algumas mudanças durante o ano José Maurício Andreta Júnior, vice-presidente da Fenabrave, confirma projeção de aumento de 10% nas vendas de veículos de todos os segmentos em 2019 – o que para a entidade significa um bom crescimento. O empresário participou do Congresso AutoData Perspectivas 2020, realizado na segunda-feira, 21, no Hotel Transamérica, na Capital paulista.

 

Quanto ao próximo ano, ainda não há previsão – somente a partir de janeiro, como é de praxe: “Nosso otimismo é cauteloso, auxiliado pelos bons índices econômicos. O que podemos dizer neste momento sobre 2020 e os próximos anos é que acreditamos em crescimento constante e consistente”.

 

Participante do mesmo painel, Paulo Noman, presidente da Anef, contou que mais pessoas financiaram carro em 2019 comparado com 2018, com crescimento da carteira, o que demonstra a confiança da população: “O que ainda implica a concessão é a falta de qualidade para o crédito. Muitos não estão aptos a contrair empréstimo”.

 

Rodnei Bernardino de Souza, diretor de financiamentos de veículos do Banco Itaú, compartilha da opinião de Noman. Ele pondera que a gradativa melhora na economia deu mais confiança ao consumidor, com crescimento do crédito que deve fechar 2019 em torno de 24%.

 

Para 2020 a perspectiva é a de que também haverá aumento, mas não na mesma intensidade: “É preciso ponderar também que, com esse movimento, a população voltou ao mercado começou a se endividar. Claro que não é um cenário ruim, mas acaba sendo fato limitador. É preciso observar”.

 

Souza conta que a vontade dos bancos de dar crédito é real, mas nem todo estão preparados para assumir um financiamento. Muito do aumento registrado, segundo ele, tem sido de pessoas que já tinha crédito pré-aprovado e resolveram assumir com a melhora da economia e o bom preço do crédito.

 

Para Edna Honorato, presidente do conselho nacional da ABAC, o momento é positivo também para os consórcios, que cresceram 14% em novas vendas até setembro de 2019, com montante de R$ 27 bilhões em crédito no mesmo período: “Este ano traz confiança para 2020. Ainda não temos um número para apresentar, mas acreditamos que será um bom ano, afinal temos R$ 300 milhões contemplados somente de veículos leves para serem adquiridos”.

 

Foto: Christian Castanho.