Nissan anuncia demissões e redução de produção

Imagem ilustrativa da notícia: Nissan anuncia demissões e redução de produção

São Paulo - A Nissan confirmou na quinta-feira, 25, que demitirá 12,5 mil pessoas em sua operação global após apresentar seu balanço financeiro do primeiro trimestre do ano fiscal 2019-2020, referente a abril-junho. O total de demissões representa 9% de sua força total de trabalho global, segundo o pfresidente Hiroto Saikawa.

 

A decisão é reflexo da queda do lucro registrado no período na comparação com período fiscal anterior. O aumento dos custos das matérias-primas e as flutuações cambiais também prejudicaram os ganhos. A empresa deverá reduzir a capacidade de produção global em 10% e, também, 10% do seu portfólio até o fim do ano fiscal 2022.

 

O executivio disse, ainda, que os cortes afetarão principalmente os trabalhadores das fábricas -- mas não falou quais. Serão dispensadas 6,4 mil pessoas em oito locais não especificados até o fim do ano fiscal, em 31 de março. Outros 6,1 mil serão demitidos no ano fiscal seguinte.

 

Foto: Divulgação.