Quase 200 mil veículos em setembro

Imagem ilustrativa da notícia: Quase 200 mil veículos em setembro
CompartilheBalanço da Anfavea
05/10/2017

Não fossem três dias úteis a menos setembro teria superado o desempenho de vendas de agosto, ainda o melhor mês do mercado interno este ano. A boa notícia é que a média diária nos vinte dias úteis de setembro continua acima das nove mil unidades, projetando a manutenção da recuperação para os próximos meses, de acordo com Rogelio Golfarb, vice-presidente da Anfavea, que apresentou o balanço do setor nesta quinta-feira, 5, substituindo o presidente Antonio Megale, que está na Indonésia em convenção da OICA, a organização internacional dos fabricantes de veículos.

 

“A média diária em setembro alcançou o pico dessa estatística este ano. É prematuro dizer que esse ritmo vai continuar no último trimestre. O importante é que o ritmo de recuperação continua”. Em setembro foram negociados 199,2 mil veículos, aumento de 24,5% sobre igual período do ano passado e queda de 8% com relação ao melhor mês de vendas este ano, agosto. “A comparação com setembro é distorcida porque a média diária de setembro foi a pior de 2016”.

 

De janeiro a setembro a indústria negociou 1 milhão 620 mil veículos no Brasil, crescimento de 7,4% com relação ao acumulado de igual período em 2016. O crescimento já está superior ao projetado pela Anfavea para este ano – alta de 7,3% –, porém a entidade ainda não vê motivos para revisar novamente sua expectativa.

 

Mesmo com o volume diário de vendas atingindo o pico este ano, os estoques ainda não diminuíram, de acordo com a associação. Esse indicador reforça a análise de que ainda é prematuro apostar em um crescimento ainda maior, já que as projeções para o mercado interno foram revisadas pela entidade em agosto. São 224,1 mil unidades em estoque, totalizando 34 dias de vendas.