Porquê Hakan Samuelsson tornou-se o executivo do ano

Imagem ilustrativa da notícia: Porquê Hakan Samuelsson tornou-se o executivo do ano
CompartilheMontadora
10/05/2018

Hakan Samuelsson, CEO global da Volvo Cars, foi eleito o executivo do ano pela premiação World Car Awards na categoria World Car Person of the Year 2018, uma das premiações mais importantes da indústria automotiva mundial. Para receber esse reconhecimento ele tomou uma série de decisões importantes que fizeram a Volvo crescer no mercado e a avançar em diversas áreas de pesquisa e desenvolvimento.

 

À frente da empresa desde 2012, Samuelsson promoveu ações consideradas visionárias pela indústria no modelo de gestão da Volvo Cars. Uma das mais importantes foi o aumento de vendas e o lucro da companhia, que em 2017 registrou aumento de 27,7% no lucro operacional e vendas de 571 mil 577 unidades. Os dois resultados marcaram o quarto recorde anual consecutivo da empresa.

 

Para atingir esses números a Volvo adotou nos últimos três anos duas novas plataformas modulares que sustentam a produção de sete modelos novos, incluindo as novas gerações do XC90 e do XC60 -- este, eleito o Melhor Carro do Mundo, enquanto o XC40, novo SUV de entrada e volume da empresa, foi o Carro do Ano Europeu de 2018 pela mesma premiação que elegeu Samuelsson o melhor executivo.

 

Além de renovar a gama de modelos Volvo e inserir novas plataformas de produção nas fábricas, Samuelsson também criou planos ousados para a companhia, como a meta de eletrificar totalmente sua gama de automóveis até 2019, com uma versão híbrida ou elétrica para cada modelo do portfólio. O objetivo é vender 1 milhão de carros eletrificados até 2025.

 

Outro plano importante criado por Samuelsson foi o Visão 2020, que visa zerar acidentes fatais ou com ferimentos graves em veículo da Volvo até 2020. Para atingir essa meta a companhia trabalha no desenvolvimento e aprimoramento de tecnologias de direção autônoma e, para isso, criou o projeto Drive Me, programa de pesquisa colaborativo que une setores público, privado e acadêmico.

 

Mudanças no modelo de negócios também aconteceram na gestão de Samuelsson, como o serviço de assinatura Care by Volvo, adotado na Europa e nos Estados Unidos: os consumidores não precisam comprar um modelo da companhia, mas podem locar um automóvel pelo tempo que precisarem, dando o pontapé inicial no rompimento do modelo tradicional de propriedade de automóveis.

 

Foram essas mudanças internas na companhia e o crescimento de vendas e lucro que fizeram Hakan Samuelsson ser premiado como executivo do ano da indústria automotiva. O anúncio do prêmio foi realizado durante o Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça, em março.

 

Trajetória - Hakan Samuelsson começou sua carreira profissional na Scania, em 1977. Lá trabalhou por mais de vinte anos, ocupou cargos de liderança na organização técnica de pesados e se juntou ao conselho executivo, em 1996, sendo o responsável pelo desenvolvimento e produção.

 

Em 2000 assumiu a direção da MAN Nutzfahrzeuge, uma subsidiária da MAN AG. Tornou-se CEO da empresa em 2005, iniciando uma ampla reestruturação do grupo.

 

Foto: Divulgação.