Vendas de máquinas agrícolas crescem 35%

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas de máquinas agrícolas crescem 35%
CompartilheBalanço da Anfavea
07/11/2018

São Paulo – As vendas máquinas de agrícolas, em outubro, chegaram a 5 mil 48 unidades, volume que fez com o que o mês fosse o melhor desde novembro de 2014, segundo os dados divulgados pela Anfavea na quarta-feira, 7, no Salão do Automóvel. Segundo o presidente Antonio Megale as colheitadeiras tiveram impacto positivo sobre o resultado do mês pelo começo da época das colheitas.

 

Na comparação com o mesmo período do ano passado houve alta de 35,3% e, com relação ao mês anterior, a expansão foi de 2,6%. No acumulado do ano foram vendidas 39 mil 611 unidades, alta de 10,6% sobre janeiro a outubro de 2017. Megale lembrou que no começo do ano esse segmento registrava queda em torno de 10%, o que mostra a recuperação: “Nossa expectativa é a de que esse crescimento seja mantido até dezembro, ainda impulsionado por colheitadeiras”.

 

A produção de máquinas em outubro foi de 7 mil 409 unidades, alta de 72,1% na comparação com o mesmo período do ano passado e de 28,9% com relação ao mês anterior. No acumulado do ano foram produzidas 53 mil 582 máquinas, crescimento de 14,9% ante igual período do ano passado: “Os números de produção, tanto no mês quanto no acumulado, mostram o bom momento que o agronegócio vive no Brasil”.

 

Já as exportações de máquinas caíram em outubro, para 1 mil 20 unidades contra 1 mil 402 no mesmo período do ano passado, queda de 27,2%. Na comparação com o mês anterior houve queda de 6,6%. No acumulado foram exportadas 10 mil 733 unidades contra 11 mil 358 em igual período do ano passado. De acordo com Megale a queda pode ser justificada pela crise econômica que vive a Argentina, principal compradora de máquinas do Brasil, o que está reduzindo o número de pedidos.

 

Fotos: Divulgação.