Produção de máquinas cai 10% em fevereiro

Imagem ilustrativa da notícia: Produção de máquinas cai 10% em fevereiro
CompartilheBalanço da Anfavea
11/03/2019

São Paulo – A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias somou 3 mil 507 unidades em fevereiro, queda de 10,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com os dados divulgados pela Anfavea na segunda-feira, 11. Com relação a janeiro houve alta de 20,7% e, segundo o presidente Antonio Megale, há espaço para que a produção cresça ao longo do ano, desde que não faltem recursos para financiamento do Plano Safra 2018/2019 e do próximo, que começa em 1º de junho.

 

No bimestre saíram das linhas de montagem 6 mil 413 máquinas, queda de 3,3% com relação a janeiro e fevereiro do ano passado.

 

Foram comercializadas 2 mil 874 unidades em fevereiro, alta de 19,8% ante igual período do ano passado e de 7,9% ante janeiro. No acumulado do ano as vendas chegaram a 5 mil 537 máquinas, crescimento de 38,4% contra o primeiro bimestre de 2018: “O agronegócio teve um começo de ano forte e as perspectivas para o ano são boas, com previsão de safra acima das 230 milhões de toneladas”.

 

Alfredo Miguel Neto, vice-presidente da Anfavea que responde pelo setor de máquinas, disse que mesmo com as incertezas sobre o fim do atual Plano Safra e a transição para o próximo, a confiança do produtor segue em alta e os investimentos não pararam, mas, para isso, não pode faltar recurso para os financiamentos: “Os produtores de soja também podem aproveitar as negociações com a China, que está pagando preço premium pela produção nacional”.

 

As exportações de máquinas atingiram 834 unidades, retração de 10,6% na comparação com fevereiro do ano passado e de 7,8% no bimestre. Megale disse que a queda foi causada pelo mesmo motivo que atinge os veículos -- a crise econômica na Argentina, que é o principal destino das máquinas nacionais.

 

Foto: Divulgação.