Por erro da Nissan donos de Kicks PcD recebem cobrança de IPVA

Imagem ilustrativa da notícia: Por erro da Nissan donos de Kicks PcD recebem cobrança de IPVA
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheMontadora
04/02/2020

São Paulo – Um erro da Nissan deixou proprietários do Kicks S Direct, versão dedicada ao público PcD, assustados: embora por lei sejam isentos de IPVA e liberados do rodízio municipal de veículos, o imposto passou a ser cobrado em 2020 em estados como São Paulo e Paraíba. A reportagem de AutoData foi alertada por uma leitora e, em uma busca rápida no site Reclame Aqui, encontrou outras reclamações com o mesmo caso – todos ainda sem solução até a tarde de terça-feira, 4.

 

No Detran consta que a versão do modelo Nissan que esses proprietários possuem, a Kicks S CVT, tem valor venal superior ao teto de isenção do IPVA para veículos PcD, R$ 70 mil. Assim o órgão entendeu que os modelos não são PcD e fez a cobrança normalmente.

 

A leitora de AutoData relatou que entrou em contato com a concessionária da qual adquiriu o seu Kicks e recebeu uma série de informações desencontradas. Um dos funcionários chegou a dizer que ela deveria enxergar a cobrança do IPVA pelo lado positivo, pois seu carro, agora, tem valor superior ao que ela pagou.

 

Os relatos de clientes no Reclame Aqui vão no mesmo sentido: ao procurar a concessionária onde compraram o veículo receberam informações desencontradas. Alguns recorreram ao Detran, que alegou que a cobrança ocorre por um erro da montadora.

 

Procurada pela Agência AutoData a Nissan afirmou ter identificado “uma inconsistência no registro da documentação de um lote reduzido do modelo Nissan Kicks S Direct, dedicado ao público PcD. A companhia garante que está trabalhando junto aos órgãos de trânsito responsáveis para solucionar a questão o mais rápido possível. O consumidor não será impactado e deve entrar em contato com o SAC”.

 

Segundo relatos de clientes ao Reclame Aqui que também entraram em contato com o SAC da Nissan, a informação é essa: por um erro da empresa os Detran estão cobrando o IPVA e a Nissan trabalha para resolver o impasse o quanto antes.

 

Foto: Divulgação.